Destaque

Campanha "Aqui A Gente Aprende"

O Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) lança, nesta quinta-feira (22), às 19h, na Escola Estadual Dr. Manoel Dantas, em Natal, o livro “Diálogos em defesa da escola pública”, alusivo aos 10 anos de fundação da instituição e organizado por Cláudia Santa Rosa e Frederico Horie Silva, o qual terá distribuição gratuita. Na ocasião, também será anunciada a realização da campanha “Aqui a gente aprende”, que, a partir do próximo dia 28, vai mostrar à sociedade, por meio de peças publicitárias, que a escola pública de qualidade é possível, respaldada por exemplos reais positivos encontrados no Rio Grande do Norte.

A diretora executiva do IDE, professora Cláudia Santa Rosa, explica que o livro reúne 117 artigos publicados por 15 autores na última década, no Estado, e que fazem referência à defesa da escola pública. Parte deles, membros do próprio Instituto. “A história do IDE foi construída por pessoas. Dessa maneira, optamos por organizar os artigos por ano de publicação, trazendo ao leitor uma perspectiva histórica das suas ações”, explica ela.

A campanha, por sua vez, consiste na primeira iniciativa publicitária do terceiro setor em defesa da escola pública no Estado. Cláudia conta que a campanha é mais um fruto da parceria sólida entre o IDE e o Instituto C&A e que tem o objetivo de levar a bandeira defendida pela instituição ao grande público e com outra linguagem. “Queremos chegar a todos, os que possuem filhos nas escolas públicas, mas também aos que reconhecem a sua importância. Vamos mostrar histórias bem-sucedidas na escola pública, para deixar claro que a sua qualidade é totalmente possível”, justifica Cláudia.

Segundo o publicitário Fabrício Finizola, da Pandora Comunicação, agência responsável pela execução da campanha, estão sendo produzidas peças para quatro mídias: televisão, rádio, internet e ônibus, que provocam reflexão nos receptores da mensagem. “A partir dos depoimentos, vamos fazer com que o pai ou a mãe, por exemplo, reflita sobre porque é possível o êxito naquela escola do vídeo e não na que o seu filho ou filha frequenta”, explana Fabrício, que acrescenta: “vamos disponibilizar canais de comunicação para que as pessoas se manifestem e digam o que precisa melhorar”.

O jornalista Octávio Santiago, da assessoria de Comunicação do IDE, afirma que o projeto da campanha tem duração de sete meses e todas as informações recebidas serão compiladas, periodicamente, e entregues aos órgãos competentes, a título de contribuição. “O Instituto sempre se preocupou com a existência de resultados práticos e com a campanha não será diferente. Esperamos que a aluna, o pai e a professora que vão trazer a mensagem estimulem essa participação”, resume Octávio. Para tanto, importantes parcerias com o poder público estão sendo estabelecidas.

Até o momento, o IDE já confirmou a parceria com diversos órgãos públicos, como o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Assembleia Legislativa do RN, Câmara Municipal de Natal, Prefeitura de Natal (Secretaria Municipal de Educação), Prefeitura de Parnamirim, além de meios de comunicação potiguares, e a expectativa é conquistar mais parceiros, interessados em fomentar a ideia da “escola pública de qualidade possível”.

Fonte: Instituto de Desenvolvimento da Educação

Um projeto Sinduscon RN e IDE.

Observatorio da Educação (c) 2012 - Todos os os direitos reservados